Saúde

Todo ano é a mesma coisa e sempre surge um novo tipo de dieta que a mídia divulga massivamente. Esse ano não foi diferente e as mais famosas são: Dieta sem Gluten e Dieta Sem Lactose. Esse ano resolvi deixar o meu cetismo de lado e vou começar a fazer a que tem restrições com relação ao glúten. Já vou adiantando que não vai ser nada fácil e nem barato, mas espero que valha a pena.

Onde encontrar produtos sem glúten de qualidade e com preço razoável

A dieta já começou difícil. Na minha cidade (Jaú-SP) é bem raro se encontrar produtos para minha nova jornada. As vezes consigo encontrar nas lojas de produtos naturais, porém não há variedade suficiente para eu conseguir montar uma alimentação balanceada e diversificada (quem é que aguenta comer as mesmas coisas sempre?).

O jeito foi apelar para a internet.

Pesquisando muito, eu consegui encontrar 2 lojas que me pareceram ser as melhores: a Natue (www.natue.com.br) e a Bom Sem Gluten(www.bomsemgluten.com.br). Enquanto a primeira parece ser um ecommerce grande de produtos naturais, a segunda já me pareceu uma loja bem específica (até pelo nome já dá pra imaginar).

Com relação a variedade me pareceu que a Bom Sem Gluten tem mais opções, além de preços melhores. Como estou começando nessa nova dieta e preciso de um fornecedor confiável e honesto, resolvi comprar nas 2 lojas para fazer um teste.

Não deu pra comprar os valores dos pedidos porque foram produtos diferentes, mas imagino que se eu fizesse o mesmo pedido nas 2 a Natue sairia um pouco mais caro.

Agora vamos a parte interessante:

A qualidade/sabor dos produtos sem glúten

Como todo produto que tem restrição, eu imaginava que, de alguma forma, os alimentos sem glúten seriam meio sem graça.

Graças a deus eu estava enganado.

Gostei bastante das bolachas, pães e até dos snacks para utilizar de lanchinhos. Porém, não são iguais aos produtos sem restrições. Mas de qualquer forma me surpreendi positivamente, e dá quando estou comendo os produtos me dá uma sensação de saudável. Pode ser impressão, mas me senti até um pouco fitness.

Ainda tenho comigo a farinha sem glúten e também um macarrão que não tive tempo de preparar. Mas pretendo fazer algo com eles no final de semana quando tiver com mais tempo livre para cozinhar.

Descobri outra coisa que foi sensacional, a tapioca não tem nada de glúten e como eu já comia sempre, vou poder mantê-la na dieta. Ebaaaa.

Minha conclusão com relação a decisão de iniciar uma dieta sem gluten:

Eu acho que vai acabar saindo mais caro comer alimentos sem glúten, mas pela saúde vai valer muito a pena. Senti até meu sistema digestivo melhor essa semana que alterei minha dieta. Pode ser impressão, mas acho que ainda assim vale.

As 2 lojas em que comprei me atenderam perfeitamente. Vou dar um ponto a mais para a Bom Sem Gluten. Achei que o atendimento foi mais personalizado. Deve ser porque a Natue parece mais com um ecommerce grande. Mas de qualquer forma eu recomendo fortemente a compra nas duas lojas. Mas se quiser mais variedades de produtos exclusivamente sem glúten, a Bom Sem Gluten vai conseguir te atender melhorn, se quiser é só acessar clicando aqui.

E vocês já tentaram tirar o glúten das suas vidas? Deixe um comentário aqui embaixo.

Saúde

Olá, não sei se havia comentado com vocês, mas estou treinando com um personal trainer já faz alguns meses.

No início estava bem bacana. Consegui perceber um belo aumento no meu rendimento nos treinos. Porque o profissional fica toda hora te cobrando e te incentivando a superar seus próprios limites. Ok, mas quando comecei a treinar com um personal trainer eu realmente era muito novato em academia e tal. Talvez até um amigo indo junto teria este efeito, mas devido a minha rotina e meus horários eu não conseguiria ir treinar junto com nenhum dos meus amigos.

Dito isso. Este mês eu realmente percebi que vale a pena pagar um profissional qualificado para te ajudar a alcançar os seus objetivos.

No primeiro treino da semana eu já estava meio de saco cheio de ficar dentro da academia puxando ferro e fazendo todas aquelas repetições. Dai já logo cheguei e falei pra meu instrutor pra ver se não dava pra fazer algo diferente que ainda desse resultados. Ele me falou que pensaria em algo que infelizmente, hoje não daria.

Sai um pouco frustrado eu confesso, mas fiquei esperando algo pro próximo treino.

Aii é que está o legal da história.

Cheguei no meu horário normal para treinar e logo na catraca da academia o meu personal já falou: “vai lá, se troca rapidinho que hoje o bicho vai pegar!”. Fiquei com medo, mas estava bem animado pra ver o que ele tinha preparado pra meu treino.

Terminei de me trocar e logo fui para os aparelhos. E lá estava o meu instrutor me esperando.

Ele me falou: “Hoje vamos fazer um treino diferente, vai durar em torno de 1:15, vc tá com tempo disponível?”

Respondi que sim.

Então ele já falou pra eu sair da academia que íamos correr.

Bacana né?!

Nem tanto, pois se fosse para correr eu correria sozinho =P. Mas o professor foi junto comigo durante a corrida e foi me dando uns toques sobre postura, pisada e respiração. Assim conseguiria render mais. Achei bem legal.

Depois de 20 minutos correndo, chegamos a o parque da minha cidade. O instrutor havia deixado o carro dele lá e falou para eu ir tomando uma água enquanto ele ia buscar alguma coisa. Fiz o que ele pediu.

Na sequencia, já vi ele montando um monte de aparelhos bem interessantes, como corda, pneus, bola dentre outros.

Ele me falou que havia feito um curso recentemente de treino funcional e que havia acabado de comprar estes apetrechos com um amigo dele que é um bom personal trainer em Sorocaba e estava usando pela primeira vez. Disse ainda que minha reclamação no começo da semana havia caído como uma luva pra ele poder me usar de cobaia ahhahaha.

Dai fiz esse treino, que é chamado de funcional.

Achei muito interessante. Não vou descrever certinho como é porque demoraria muito.

Vou deixar essse vídeo aqui embaixo para mostrar como que é esse treino.

Resultado: Gostei muito do treino e pedi para ele encaixar mais vezes ao longo do mês.

Outra constatação, o preço do meu personal trainder em Jundiai, realmente vale a pena porque ele gosta do que faz e faz questão de estar sempre atualizado para conseguir dar o melhor treino possível.

Se você está considerando contratar um personal trainer na sua cidade, sugiro que pesquise bem antes e veja se ele está se atualizando constantemente e se gosta do que faz. Meu amigo estava tendo sérios problemas de onde encontrar um personal trainer em BH.

Passando esses critérios e mais o preço é só alegria. Vai ter treino bom pra caramba.

É isso ai.

Um abraço pessoal.

Saúde

Há muito tempo venho querendo escrever algo sobre o assunto. Muitas vezes, quando paramos para pensar o porque das coisas acontecerem em nossas vidas, não encontramos o motivo exato. Pode ser porque realmente não haja um, mas eu prefiro não acreditar nisso.

Após começar algumas atividades e reparar nos resultados, eu descobri que tudo que eu consigo realizar e também conquistar, veio da minha intenção.

Isso mesmo, da intenção de realizar algo. Antes de você materializar alguma coisa, você precisa desenvolver a intenção do seu desejo.

Meio complexo o que estou falando né?!

Bom, vamos para um exemplo prático para que possa ficar mais fácil o compreendimento do conceito.

Vamos supor que você quer passar em um concurso público de defensoria, independentemente do motivo. Pode ser pelo salário, pelo status ou pela segurança. Isso não importa no momento. Parece bom quando você imagina isso?! Provavelmente sim. Agora o que você está fazendo para isso se tornar realidade? Nada?! Então você ainda não materializou isso.

Sonho de importar Concuso

Para você conseguir alcançar este objetivo, é preciso não só imaginar como seria bom essa conquista. Você precisa, também, mudar suas atitudes para alcançar o objetivo.

“Mas como fazer isso?! Estou muito ocupado, trabalho 2 turnos e ainda tenho que cuidar do meu filho quando chego em casa.”

Sabe o que eu te diria? Realmente, não está fácil pra você, porém, se você não fizer nada a respeito, nunca irá alcançar aquela imagem que você construiu na cabeça.

E qual a solução?

Não existe sorte, é trabalho duro.

Você precisa mudar a sua mentalidade, e para isso você precisa começar a acreditar que aquele sonho é real e que pode alcança-lo.

Para ajudar a fazer isso, eu tenho uma dica. Você precisa começar a entender porque você está na situação que está e também começar a mudar suas atitudes para mudar os seus resultados.

Dica: comece a encarar o seu dia-a-dia (sim, esse mesmo de 2 turnos e um filho para cuidar) como uma passagem para a sua outra vida (aquela que está buscando) e tome atitudes para conseguir chegar na sua segunda vida. Tudo deve ser focado para alcançar o objetivo. Muitas decisões, desde as mais simples até as mais complexas.

Vou dar um exemplo de decisão simples em uma situação que é fácil você tomar a decisão que não te levará para a sua vida desejada.

Suponha que você chegou em sua casa, atrasado 2 horas porque seu chefe mandou você fazer hora extra. Você está cansado, exausto e estressado. Tinha programado estudar por 3 horas no dia, porém o seu querido chefe, te tomou 2 dessas horas. Seu filho quer brincar com você pois ficou o dia todo esperando para isso. E seu corpo quer deitar no sofá para relaxar durante algum tempo para recompor as energias.

Qual é a sua decisão?!

Sentar no sofá? Brincar com seu filho? Ou estudar para o concurso?

A alternativa mais impulsiva seria descansar um pouco no sofá e depois brincar um pouco com seu filho, pois você não iria conseguir render muito no estudo, uma vez que seu chefe já matou toda a sua programação. Vou te falar uma coisa, essa é a decisão que muita gente tomaria e toma. E é exatamente por isso, que não tem muita gente feliz e com os objetivos realizados.

Você deve estar achando que eu vou sugerir que você se ignore o seu filho e comece a estudar certo?! Claro que não! O que você realmente precisa é encontrar alternativas para conseguir mais tempo para estudar.

Analisando friamente o seu dia. Você provavelmente acorda próximo da hora de sair ou somente o suficiente para tomar o seu café e sair. Entra no seu turno e trabalha até a hora do almoço. Almoça e fica descansando um pouco para voltar ao trabalho. Trabalha novamente até o fim do seu turno. Sai e vai para o seu segundo trabalho. Trabalha e depois volta para casa para descansar.

Creio que você não estudou nada até a hora de chegar em casa. Vou te dar umas dicas de onde você pode encontrar tempo para estudar.

  • Acorde 1 hora mais cedo;
  • Durante o trajeto para o trabalho escute ou leia algo
  • Estude um pouco depois do almoço ao invés de ficar descansando;
  • Estude durante o trajeto do seu primeiro trabalho para o segundo;
  • Estude durante o trajeto do seu segundo trabalho para sua casa;
  • Durma meia hora mais tarde.

Só com essas mudanças, você pode ganhar o seu tempo programado todo de estudo.

  • Acorde 1 hora mais cedo; (+1h)
  • Durante o trajeto para o trabalho escute ou leia algo (+0,5h)
  • Estude um pouco depois do almoço ao invés de ficar descansando (+0,5h);
  • Estude durante o trajeto do seu primeiro trabalho para o segundo (+0,5h);
  • Estude durante o trajeto do seu segundo trabalho para sua casa (+0,5h);
  • Durma meia hora mais tarde (+0,5h).

E se você estudar mais 2 horas na sua casa, já terá conseguido superar o seu planejamento inicial. Tudo está na forma como você encara o seu dia e a vontade que você tem de alcançar o seu sonho.

Assista esse vídeo, pode ajudar a te motivar: